8 de março: Dia Internacional da Mulher

AFINCA • 08 de março de 2021

A AFINCA parabeniza as funcionárias ativas e aposentadas do INCA pelo 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Homenageamos hoje e sempre aquelas que construíram e constroem a excelência dessa casa da Ciência e defesa da saúde, onde nestes tempos tão difíceis estas mulheres enfrentam a pandemia, colocando em risco suas vidas, mas cumprindo bravamente sua missão.
As mulheres geram a vida, dão a mão aos filhos e a quem necessitar. Inundam o mundo com os mais diferentes saberes, são guerreiras e mantém a ternura indispensável para a evolução humana. Têm conhecimento técnico e ótimo desempenho profissional.
A AFINCA se orgulha de representar as funcionárias do INCA e reforça seu compromisso pela igualdade de gênero. Seja no mundo do trabalho, lutando por igualdade de oportunidade e de salário; seja na sociedade em geral, denunciando e condenando as diversas violências.
Viva o feminino!

Comprovante anual de rendimento de servidor para IR2021 está disponível na internet

AFINCA • 05 de março de 2021

O Ministério da Economia (ME), por meio da Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal (SGP), informa que está disponível o Comprovante de Rendimentos ano-base 2020 para todos os servidores públicos federais, ativos e aposentados, pensionistas e anistiados. Os contribuintes têm até o dia 30 de abril de 2021 para enviar a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF 2021).
Veja o passo a passo para acessar o comprovante aqui (https://www.gov.br/servidor/pt-br/arquivos/comprovante-de-rendimento-3.pdf/view). Pelo SigepeWeb e pelo aplicativo Sigepe Mobile, é possível consultar, baixar, compartilhar e imprimir o documento da Receita Federal. Para quem tem mais de um vínculo, a emissão pode ser de maneira simplificada no SigepeWeb. (Com agências)

Servidores em campanha contra redução de salários e cortes na saúde e educação. Participe pela internet!

AFINCA • 24 de fevereiro de 2021

Servidores públicos de todo o país estão em campanha contra a junção das propostas de emenda constitucional 186 (emenda emergencial contra à Covid-19) e 188 (Pacto Federativo, rascunho da reforma administrativa). Se a junção for aprovada, pode reduzir o salário de servidores em até 25% e o atendimento à população, além de cortar recursos da saúde e da educação.
A junção foi pedida pelo governo federal em troca do prolongamento do auxílio emergencial contra a pandemia e deve ser votada no Senado nos próximos dias.
Os servidores estão em campanha pela internet, através de votação em consulta pública (https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=139702) e mensagens para que os senadores de seus estados votem contra a junção.
Participe! Vote na consulta pública e envie uma mensagem ao senador que recebeu seu voto pedindo que ele se posicione contra a junção das PECs 186 e 188. Abaixo listamos os contatos dos três senadores do Rio de Janeiro:
-Carlos Portinho (PL)
Tel: (61) 3303-6640 / 6613
E-mail: sen.carlosportinho@senado.leg.br

-Flávio Bolsonaro (Republicanos)
Tel: (61) 3303-1717 / 1718
E-mail: sen.flaviobolsonaro@senado.leg.br

-Romário (Podemos)
Tel: (61) 3303-6517 / 6519
E-mail: sen.romario@senado.leg.br

AFINCA mantém cobrança por Insalubridade Máxima devido à Covid-19

AFINCA • 08 de fevereiro de 2020

Após a AFINCA enviar ofício à Direção Geral do INCA solicitando informações sobre o pagamento de Adicional de Insalubridade Máxima aos funcionários por exposição biológica ao novo Coronavírus, a direção respondeu à associação também via ofício.
Veja abaixo os pontos levantados pela AFINCA e as respostas da Direção Geral:

  • Requisitos para o recebimento de aumento de insalubridade:
    Segundo a direção, os requisitos estão na Orientação Normativa nº 4, de fevereiro de 2017, que uniformiza uma série de normas, artigos e leis sobre a concessão de adicionais e gratificações.
  • Envio de relatório técnico do RH do INCA ao Ministério da Saúde para decisão dos contemplados com o aumento:
    De acordo com a direção, o relatório já está no Ministério da Saúde.
  • Setor do ministério que está tratando do aumento:
    Segundo a direção, a Coordenação Geral de Gestão de Pessoas (COGEP) do Ministério da Saúde.
  • Categorias contempladas:
    Os servidores públicos federais, respondeu a direção do INCA.
  • Data para a concessão do benefício:
    A direção do INCA afirmou que ainda não há resposta do Ministério da Saúde.

INCA de braços abertos para pacientes transferidas de Manaus por crise de Covid-19

AFINCA • 02 de fevereiro de 2021

A AFINCA manifesta o orgulho de representar os funcionários e fazer parte da comunidade INCA no tratamento de excelência e na solidariedade à pacientes de todo o Brasil.
Com o sistema de saúde de Manaus (AM) em colapso devido à pandemia de Covid-19, recebemos e estamos tratando pacientes transferidas da cidade para o INCA. Elas se encontram no Hospital do Câncer III, onde realizarão suas cirurgias.
Reiterando a missão do INCA, que é promover o controle do câncer com ações nacionais integradas em prevenção, assistência, ensino e pesquisa, como profissionais de Saúde estaremos sempre prontos a servir a população brasileira.

Abaixo-assinado online contra vetos na lei sobre recursos do FNDCT

AFINCA • 26 de janeiro de 2021

A AFINCA, junto ao Fórum de C&T e diversas entidades de Ciência e Tecnologia, lançou nesta terça-feira (26/1) um abaixo-assinado online pela derrubada dos vetos do presidente Jair Bolsonaro na Lei Complementar nº 177, sobre os recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). A lei foi sancionada em 12 de janeiro de 2021.
O texto aprovado no Congresso no final de 2020 transforma o FNDCT em fundo de natureza mista (contábil e financeiro), atendendo a uma antiga demanda da comunidade científica e acadêmica.
Porém, o presidente da República vetou dois pontos principais do texto. Um veto retira a garantia de que os recursos não serão contingenciados (desviados da pesquisa e desenvolvimento para outros fins). E o outro não garante a liberação dos recursos do FNDCT colocados em contingência em 2020, cerca de R$ 4,3 bilhões.
O abaixo-assinado alerta que essa é uma decisão catastrófica para o país, ainda mais em um momento de grave crise sanitária, econômica e social. A liberação dos recursos do FNDCT é fundamental para apoiar a pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico no combate à Covid-19. É também um recurso essencial para apoiar as universidades, institutos federais e instituições de pesquisa para manter e expandir laboratórios e fomentar projetos inovadores.
A petição online está disponível aqui (https://www.change.org/p/senadores-pela-derrubada-dos-vetos-ao-fndct?redirect=false). Assine e compartilhe em suas redes de contatos. (Com agências)